Arquivo

GNU/Linux

Postagens em GNU/Linux.

[OpenVPN-AS] Quantas usuários estão conectados?

Se você usa o OpenVPN Access Server e tem mais usuários cadastrados que licenças compradas, com certeza deve precisar monitorar o número de usuários conectados para evitar que as pessoas recebam uma mensagem de erro ao tentar conectar. Usar a interface web para isto não é nada prático, pois você precisa acessar a todo momento .

Para evitar o trabalho é muito melhor usar o script disponibilizado na própria VM do OpenVPN-AS, o sacli.

Tendo esta informação através da linha de comando, a vida se torna muito mais prática, pois é só colocar uma rotina que compara a quantidade de licenças que se tem e quando este número estiver próximo demais um email é enviado para alertar. Simples não é?

 



Tela cheia no Virtualbox no Mac OS X

Se você usa uma VM GNU/Linux Ubuntu, Elementary ou Debian no Virtualbox e quer deixar a tela com uma resolução ajustada a sua tela, os passos abaixo poderão te ajudar.

É preciso instalar na VM os pacotes dkms e build-essential, provavelmente o segundo já deve estar instalado.

Depois de instalado vá no menu Devices e selecione Install Guest Additions e em seguida será montando um disco, onde você irá executar o script VBoxLinuxAdditions.run:

Feito isto, reinicie a VM e quando ela voltar vá no menu View, deixe a opção Auto-resize Guest Display marcada e em seguida selecione Adjust Window Size. Você pode usar o atalho Host + D, onde Host é a tecla command.

🙂



Lançada TV @EspiritoLivre

Até 4 anos nascia a Revista Espírito Livre, com a proposta de se produzir uma revista digital sobre tecnologia, código aberto, cibercultura, cultura/mídia livre e assuntos que orbitavam no universo do software livre. O sonho de se construir um veículo de mídia, movido através de colaboração funcionou e o tempo foi passando, passando e agora caminhando para a edição nº 53, um novo projeto surge: a TV Espírito Livre. A proposta é ambiciosa e visa produzir uma webtv com vários programas que seguem a mesma temática da atual Revista Espírito Livre, mas agora com um público-alvo que busca tais materiais em vídeo e multimídia.

Em sua estreia, dois programas ‘piloto’ foram disponibilizados. O primeiro deles, Vida Digital, tem como apresentador o jornalista e especialista em TI Gilberto Sudré. Sudré já é um colaborador da Revista Espírito Livre tendo diversos textos publicados e também participado de todas as edições do Fórum Espírito Livre como palestrante. Em seu programa, o internautas vão conhecer e discutir sobre lançamentos e uso de novas tecnologias, cultura digital, liberdade, Software Livre, Internet, segurança da informação e muito mais. Quinzenalmente haverá um programa novo no ar. Neste primeiro episódio visitamos o FISL – Fórum Internacional do Software Livre e apresentamos as entrevistas com o Klaybson Ribeiro (SOLISC) e o Corinto Meffe (Serpro) além de um resumo com as notícias mais importantes da semana.

O segundo programa a ser disponibilizado é o de quadrinhos animados HQNuux, sob a autoria de João Felipe (Alemão) sempre retrata situações inusitadas e do cotidiano relacionado com tecnologia, software livre e tecnologias abertas. As tirinhas do HQNuux podem ser encontradas no site e nas edições da Revista Espírito Livre.

A princípio os programas produzidos estão sendo hospedados em dois locais distintos: O repositório do Internet Archive (Vida Digital e HQNuux) e em um canal do Youtube. Entretanto os interessados poderão acompanhar os programas que serão disponibilizamos regularmente (a proposta é que tenhamos novos programas quinzenalmente) em nosso site http://tv.espiritolivre.org. Em breve, um agregador será também disponibilizado, facilitando localizar materiais antigos, bem como uma distribuição melhor de todos os programas produzidos. Esperamos ter uma interface de fácil acesso, possibilitando mesmo os que não tem tanto conhecimento com tecnologia, acessar os vídeos e materiais disponibilizados.

Assim como a Revista Espírito Livre, o material disponibilizado pela TV Espírito Livre também é licenciado sob a Creative Commons CC-BY-SA e portanto, pode ser distribuído e reutilizado desde que respeitando a referida licença. Colaboradores e interessados em ter materiais veiculados na TV Espírito Livre devem entrar em contato através do emailtv@espiritolivre.org ou através do nosso formulário de cadastro de voluntários disponibilizado aqui.

Este é mais um projeto que visa produzir material de qualidade com a participação popular. Uma de nossa premissas é que o conhecimento é livre e deve ser compartilhado. Portanto, precisamos de toda a ajuda possível. Sabemos que a tarefa de manter mais um projeto como esse não é fácil, mas também acreditamos em uma comunidade que se move na direção de boas ideias.

O convite já está feito! Visite o http://tv.espiritolivre.org e espalhe a notícia entre seus amigos.

via TV Espírito Livre



Lançada edição n.50 da Revista @EspiritoLivre

Muito se fala do uso do software livre, do opensource e dos padrões abertos em ambientes educacionais e na academia. Muitos casos de sucesso são relatados aos quatro cantos. Até parece fácil implementar uma política de uso de software livre nestes espaços. Mas não é bem assim. E é por esta razão que a edição especial sobre o tema Educação foi lançada. Ao longo de nossos vários anos de caminhada percebemos que ainda existe muito a ser feito. Vários alunos sequer sabem o que é software livre e para que serve. Muitos confundem e associam o acesso ao código fonte com insegurança ou ainda o fato do termo “livre” representar algo como gratuidade. Alguns acham que o fato do software livre ser quase sempre acessado de forma gratuita e construído em grande parte por comunidades e voluntários o torna inferior ou pior que soluções proprietárias.

Várias matérias vêm apresentar exatamente o contrário do que muitos pensam ou acham sobre o uso do software livre na educação. Existem desafios sim. Existem dificuldades. Muitos não entendem ou não querem entender. Alguns poucos guerreiros “compram briga”, “vestem a camisa” e erguem a bandeira do software livre nestes espaços de ensino e aprendizagem. Pode ser que para certas pessoas tal situação se assemelhe aos tempos de rebeldia e revoltas estudantis, mas aqui falamos de algo ainda mais complexo. Vivemos em um tempo de lobbies, subornos e pagamento de propinas por parte de grandes empresas para que seus produtos sejam “aceitos mais facilmente” por governos e órgãos. Vivemos em tempos polêmicos que a cada dia percebemos o quão importante é plantarmos uma sementinha de esperança na mente de crianças e jovens para que usufruam de um futuro melhor e livre. Vivemos em um tempo de mudança. Aproveite e faça a sua parte também nesse processo.

Nota de lançamento e download: aqui.



Compartilhamento de pasta no Dropbox

Dia desses um amigo me perguntou se quando ele deixava de compartilhar uma pasta no Dropbox com alguém e esta pasta não era dele, ele perdia todo o conteúdo que existia nela, na verdade isso só acontece se você quiser. Vou explicar isso, mas antes, vou mostrar como compartilhar uma.

Para compartilhar é bem simples, basta clicar com o botão direito em cima da pasta que deseja compartilhar e em seguida aparecerá um menu como o da imagem abaixo. Depois selecione Invite to folder. Se você for fazer isso sem ser pela interface web, o procedimento é similar.

Após selecionar a opção aparecerá a tela abaixo onde você informará o email da(s) pessoa(s) que deseja compartilhar a pasta.

Mais rápido e simples que isso impossível não é? Pois bem, explicado como compartilhar vamos ver como deixar de compartilhar.

O processo inicia-se da mesma forma que o anterior, só que desta vez a opção será Shared folder options.

A tela que aparecerá mostrará as pessoas que fazem parte do compartilhamento e permite também que você adicione mais pessoas. Outras opções que aparecem também, mais abaixo, são Unshare folder e Leave folder.

Escolhendo Unshare folder, você deixará de compartilhar a pasta, mas poderá deixar uma cópia dos arquivos, ou não, com aqueles que você compartilhava.

Já na Leave folder, você deixará de participar do compartilhamento e poderá, se preferir, manter uma cópia da pasta.

Acho bem prático o compartilhamento de pasta do Dropbox e você? Qualquer dúvida é só perguntar 🙂



Identificação de Chamada no Skype

Este não é um recurso novo no Skype, mas muito provavelmente tem pessoas que nem sabem da existência dele. A identificação de chamadas, permite que quando você faça uma ligação pelo Skype, a pessoa que está recebendo visualize o seu número, no caso o número de sua linha móvel.

Para ativar é bem simples, acesse o site do Skype e na página do seu perfil terá a parte que permite gerenciar recursos, como na imagem abaixo, clique em Bina.

Na página seguinte informe o DDD e o número de sua linha móvel, exemplo: 8198765432 (81 é o DDD e 98765432 o número).

Quando selecionar Verificar número, você receberá depois de poucos minutos um código que deverá informar na tela seguinte, para poder validar o número que informou.

Depois de verificado o serviço ficará ativo dentro de até 48 horas, mas o Skype não garante que em 100% das ligações será o seu número que vai aparecer.

Fiz algumas ligações e em nenhuma delas meu número apareceu. Espero que com vocês funcione 😛